Skip to content

PROGRAMAÇÃO CURAU 10 ANOS

A programação do FESTIVAL CURAU 10 ANOS será realizada em 4 locais diferentes. Neles, acontecem atividades presenciais abertas ao público (seguindo os protocolos de segurança vigentes) e também projeções de shows inéditos e mini-documentários especiais – que serão transmitidos no nosso canal do youtube. Confira a programação completa e venha celebrar com a gente!

quinta, 25/11
CÂMARA MUNICIPAL DE PIRACICABA

Endereço: Rua Alferes José Caetano 834, Centro, Piracicaba/SP

19h • Ocupa Instituto Curau

ATIVIDADE PRESENCIAL + TRANSMISSÃO TV CÂMARA E YOUTUBE/FESTIVALCURAU

O Instituto Curau ocupa a Câmara dos Vereadores de Piracicaba.

sexta, 26/11
CASARÃO DO HIP HOP OSCAR ROSA

Endereço: Rua Roma 575, Santa Terezinha, Piracicaba/SP

17h • Brincadeiras Populares Piracicabanas com Priscila Lima

ATIVIDADE PRESENCIAL

A Oficina das Brincadeiras tradicionais Piracicabanas é destinada a crianças e brincantes. Tem como objetivo oportunizar experiências em jogos e brincadeiras da cultura Trentino-tirolesa. Santana/ Santa Olímpia são bairros rurais da nossa cidade e Priscila por meio de uma pesquisa realizada em 2019/2020 irá socializar parte desse Patrimônio imaterial da cultura local de maneira divertida, brincante, cantada e historiada. Brincadeiras e jogos: Anjolin veni qua / Enrola fumo / Mena la polenta / Carimbameba / Pé na lata / Bequili.

18h30 • Oficina de turbante

ATIVIDADE PRESENCIAL

A oficina de turbante tem por objetivo colocar as crianças em contato com um símbolo de resistência, aqui no Brasil, de modo muito evidente, na cultura afro. A Mestra Ediana traz esse elemento na vestimenta do grupo de Samba de Lenço “Mestre Antonio Carlos Ferraz”, oficina que poderão vivenciar logo após a oficina de turbante.

19h • Oficina Samba de Lenço com a Mestra Ediana Arruda Raetano

ATIVIDADE PRESENCIAL

Originado das culturas africanas dos negros de raízes Bantu e com elementos da cultura portuguesa e indígena, o Samba de Lenço em Piracicaba esteve adormecido há mais de 60 anos, sendo praticado somente em encontros familiares da família de Mestra Ediana. Com a fundação do grupo de Samba de Lenço “Mestre Antônio Carlos Ferraz”, começou-se um trabalho de resgate, preservação e divulgação desta cultura, que pratica o tradicional samba de lenço, incluindo sempre canções atuais relacionadas à manutenção da tradição.

20h • Projeção mini-doc Samba de Lenço

20h30 • Projeção mini-doc Batuque de Umbigada

PROJEÇÃO PRESENCIAL + TRANSMISSÃO YOUTUBE/FESTIVALCURAU

sábado, 27/11
CASA DO POVOADOR

Endereço: Av. Beira Rio, s/n, Centro, Piracicaba/SP

14h • Curau 10 anos: lançamento do livro e roda de prosa

ATIVIDADE PRESENCIAL

 

14h • Exposição FOLHEANDO de Viviane Gatti Braga Aranha

ATIVIDADE PRESENCIAL

Se uma árvore cai na floresta e ninguém está perto para ouvir, será que faz um som? Se esta árvore estiver repleta de folhas bordadas com as imagens criada por Viviane Gatti Braga Aranha a resposta não é difícil. Ela não só faz barulho, como instiga a nossa imaginação e nosso acolhimento visual. Para Viviane Gatti Braga Aranha, as folhas se constituem como suporte de imagens bordadas em linhas coloridas que são saturadas de textura e apresentam formas “naïfy” e familiares que nos remetem não apenas aos lugares da memória, mas também uma intricada relação com afetos e percepções que provocam não apenas o olhar, mas todas as nossas rememorações de quando passeamos nossos corpos entre, por exemplo, Casa do Povoador e Engenho Central, cruzando nosso olhar com as bandeiras desfraldadas da Festa do Divino e suas canoas salpicadas por marinheiros em branco e azul.

16h30 • Apresentação dos Grupos de Dança da Casa do Hip Hop

ATIVIDADE PRESENCIAL

As danças urbanas na Casa de Cultura Hip Hop de Piracicaba acontecem desde 2005. E sob a coordenação do professor Oscar Rosa, que foi o grande incentivador, sobrevive até hoje, onde parte de seus alunos dão continuidade agora como professores. Os professores e as modalidades que as Danças urbanas da Casa de Cultura Hip Hop de Piracicaba contemplam atualmente são: Professor Walisson Khal – danças urbanas; Professor Danilo – popping/locking; Professor Guilherme – danças urbanas, dancehall; Professor Maycon – krump.

17h30 • Projeção mini-doc Festival Curau 10 anos

PROJEÇÃO PRESENCIAL + TRANSMISSÃO YOUTUBE/FESTIVALCURAU

18h • Projeção show Bebé

PROJEÇÃO PRESENCIAL + TRANSMISSÃO YOUTUBE/FESTIVALCURAU

Nascida em uma família de músicos e artistas, Bebé (17 anos) vem se destacando precocemente no cenário nacional pelo timbre de voz diferenciado. O seu primeiro álbum autoral, ‘Bebé’- lançado em 2021 por Bastet e Ori Records – , propõe um nova estética da musica Brasileira usando de influencias de gêneros como: Indie Pop, House, Trap industrial e R&B

19h • Projeção show Chico César

PROJEÇÃO PRESENCIAL + TRANSMISSÃO YOUTUBE/FESTIVALCURAU

Chico César, nasceu em 26 de janeiro de 1964, no município de Catolé do Rocha, interior da Paraíba. Compositor, cantor, jornalista e escritor, Chico explicita a irreverência, a criatividade e a poética, características de sua obra ao longo de sua trajetória. Autor de sucessos consagrados pelo público, como “Mama África” e “À Primeira Vista”, o paraibano tem nove álbuns lançados: “Aos Vivos” (1995), “Cuscuz Clã” (1996), “Beleza Mano” (1997), “Mama Mundi” (2000), ” Respeitem os meus cabelos brancos” (2002), “De uns tempos pra cá” (2005), “Francisco, Forró Y Frevo” (2008), “Estado de Poesia” (2015) e “O Amor é um Ato Revolucionário” (2019). Neste show solo, feito especialmente para os 10 anos do Festival Curau, o artista desafia a saudade e aponta a distância como um estímulo que pode ser vibrante e cheio de calor humano, nestes tempos de coronavírus.

20h • Celebração DJ Paina

ATIVIDADE PRESENCIAL

Paulista, nascida em berço mineiro, DJ Paina, tem suas raízes nas sonoridades regionais, caipiras e brasileiras com temperos preciosos da África. Embalada pelos sons da viola caipira, desde os 5 anos de idade já se arriscava nos instrumentos musicais da família e foi tomando consciência da potência da música como mobilizadora e transformadora da vida. De lá pra cá são 30 anos de vivência difusa e transversal com a música brasileira. Cresceu em São Paulo, onde pode mergulhar nas borbulhas quentes da diversidade cultural da capital, mas foi em Piracicaba, a partir de bonitas parcerias, que se estabeleceu como uma DJ que toca música brasileira e abre portas com seu trabalho e produção cultural para a valorização dessa cultura.

domingo, 28/11
ANHUMAS

Endereço: Rua Rosa Francelina de Abreu 500, Lanchonete e Pizzaria Anhumas

13h30 • Apresentação de Cururu com Luizão do Pau D’Alho e Mauro Bortoleto

ATIVIDADE PRESENCIAL

Luizão do Pau D’Alho Criado em Piracicaba desde muito cedo, já acompanhava violeiros e cantadores mais antigos, aos 14 anos de idade começou a praticar e cantar cururu nos postos do Divinos e nas festas de igreja. Atualmente é uma das figuras mais importantes para a manutenção e salvaguarda da tradição do Cururu na cidade de Piracicaba e região. 

Mauro Bortoleto Cantador de cururu desde 1975, iniciou sua trajetória como uma brincadeira até o momento que começou a acompanhar cururueiros mais experientes e decidiu levar essa tradição como um propósito de vida. 

14h30 • Show Viola e Hip Hop com Luana Iris

ATIVIDADE PRESENCIAL

Luana Iris é violista, rapper, compositora e modelo independente. Atua na cena cultural da cidade de Piracicaba há 10 anos. Residente e natural do município, completou 19 anos de idade. Iniciou suas apresentações como violista de moda caipira, nas tradições sertanejas, atuando em emissoras de rádio e TV (Programa “Viola Caipira” e “Show de Cururu”). Com 15 anos conheceu o movimento hip hop, onde segue carreira solo no rap andando lado a lado com suas vertentes de base, o repente paulista. Atualmente integra o movimento Hip Hop e participa da dupla de rap “Vênus e Lua”.

15h30 • Show Canários da Terra

ATIVIDADE PRESENCIAL

Trio formado pelos violeiros João do Valle e Orodino, e o sanfoneiro Paulinho. O trio se conhece há 34 anos desde que Orodino chegou de Minas em terras paulistas e se apresentava em encontros de viola. Em 2017, João do Valle e Orodino resolveram formar uma dupla, após algum tempo fizeram um convite para Paulinho, o sanfoneiro, e se tornaram o Trio Canários da Terra. 

16h30 • Show Pedro e Pedrinho

ATIVIDADE PRESENCIAL

Formada por pai e filho nos anos 90 em Piracicaba, a dupla Pedro e Pedrinho tem como sua principal marca a divulgação da tradicional música sertaneja de raiz. Reproduzem um estilo já consagrado, que ganha um tempero especial no dueto formado pelas vozes de Pedro Correa da Silva (Pedro) e Pedro Samuel Canto Correa da Silva (Pedrinho). Em 2013 lançam seu primeiro CD com a participação especial de Craveiro e Cravinho, padrinhos de Pedro e Pedrinho. Após apresentações em vários eventos e programas de rádio e TV (como o Caminhos da Roça, da Globo), os artistas agora estão com os shows Tradição do Sertão e Tributo a Tonico e Tinoco. Sinônimo de devoção ao sertanejo e respeito ao berço piracicabano, terra de grandes violeiros e poetas caipira.

17h30 • Projeção Encontro de Viola Caipira

18h30 • Projeção Apresentação de Cururu

PROJEÇÃO PRESENCIAL + TRANSMISSÃO YOUTUBE/FESTIVALCURAU